De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Polícia Marítima portuguesa resgatou 42 migrantes em Lesbos

A Polícia Marítima (PM) portuguesa, em missão na ilha grega de Lesbos resgatou, na madrugada de sábado, 42 migrantes, dos quais 21 crianças, sete mulheres e 14 homens, anunciou aquela força.

Segundo a PM, a equipa na viatura de vigilância costeira detetou, pelas 04:48, a existência de um possível bote em águas territoriais turcas, tendo sido solicitado pela Guarda Costeira grega que a equipa na embarcação “TUBARÃO” efetuasse a aproximação ao bote e o acompanhasse até terra, em direção à região de Kalo Limani.

O bote, com 42 migrantes a bordo, foi intercetado pelas 05:44, encontrando-se em direção a uma zona perigosa e de difícil acesso por terra.

Por motivos de segurança, acrescenta a PM, foi decidido transferir todos os migrantes para a embarcação da Polícia Marítima, transportá-los para o porto de Molívos e entregá-los às autoridades gregas.

Desde 2014, quando iniciou a participação na missão POSEIDON, na Grécia, a Polícia Marítima portuguesa já resgatou 6.541 migrantes.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação POSEIDON, sob égide da agência europeia FRONTEX e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.