De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Onda de calor afeta Europa mas Portugal fica de fora

Prevê-se uma “onda de calor potencialmente perigosa” a chegar à maioria dos países europeus esta semana. A explicação reside numa massa de ar quente proveniente de África, resultante da combinação de uma tempestade sobre o Oceano Atlântico com uma alta pressão sobre a Europa Central e oriental: juntas, as duas puxam ar quente de África para o norte, atingindo em cheio o centro da Europa.

Madrid ou Paris podem atingir os 38 graus, com Berlim a chegar aos 36 e Viena aos 34, por exemplo.

Grande parte da Europa vai viver pelo menos um dia de intenso calor esta semana, com especial incidência em Espanha, França e Alemanha, com múltiplos dias de calor extremo, combinado com noites quentes, não vão permitir que casas sem ar condicionado arrefeçam, o que vai criar condições desconfortáveis para dormir à noite e vai aumentar o risco de doenças relacionadas com o calor elevado.

Este sábado, por exemplo, Madrid já chegou aos 32 graus. Portugal, todavia, deverá escapar ao fenómeno, com as temperaturas médias a manterem-se entre os 23 e os 26 graus. Lisboa, por exemplo, não deverá passar dos 24, com o Porto a ficar-se pelos 23.