De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Pediatria do São João e Marinha Portuguesa dão horizontes a crianças internadas

O projeto “Marinheiros da Esperança”, que nasceu inspirado nas comemorações dos 700 anos da Marinha portuguesa e conta com a colaboração dos Serviços de Pediatria do Serviço Nacional de Saúde, incentivou crianças hospitalizadas a revisitar a história de Portugal e a sua relação com o mar, através do desenho.

Dos trabalhos realizados nasceu um livro com estas ilustrações, com prefácio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. Para além disso, outra importante fonte de divulgação deste projeto foi a “Grande Viagem 2018” do navio NRP Sagres, que na sua rota levou a exposição dos “Painéis da Esperança” aos visitantes.

Neste âmbito, no dia 10 de Novembro, a Yara Andrade, de 7 anos, que esteve internada no Centro Materno Infantil do Norte (CMIN), vai partir do Porto até à Praia da Vitória, para realizar uma visita ao local que serviu de inspiração ao seu desenho e onde nunca esteve. Vão acompanhá-la os pais e a educadora do CMIN.Segundo Lucília, a mãe desta jovem a quem foi diagnosticada uma doença crónica denominada “Síndrome Nefrótico” (insuficiência renal), “a Yara gosta muito de desenhar e pintar. Quando ouvimos falar do projeto Marinheiros da Esperança fiquei a refletir. É uma grande iniciativa tanto para os pais como para as crianças pois vamos conhecendo sítios e coisas maravilhosas que jamais imaginamos. Assim foi-nos proposto fazer um desenho para o projeto, relacionado com a Marinha e Portugal. Depois de ver várias coisas a Yara escolheu a Rainha Filipa de Lencastre. De seguida foi-nos feita a proposta de um desenho sobre o que havia no fundo do mar, mas a Yara nunca foi ver o mar nem sabe o que isso é! E vem a minha ajuda, resolvemos desenhar a Paia da Vitória, sabendo nós, que os marinheiros iam estar, pois desde que soubemos dos Marinheiros da Esperança que temos seguido os seus passos neste caso as suas rotas. Fizemos o trabalho com muito gosto, foi engraçado vê-la desenhar a Praia da Vitória, pois ela nunca foi a uma praia e soube tudo o que existe numa praia de seguida foi enviado com muita alegria e qual é o meu espanto quando pego no meu telemóvel e vejo que o desenho da minha princesa foi o escolhido pelo Jornal da Praia! Dei a notícia à Yara até as lágrimas lhe vieram nos seus lindos olhos. Ficou super feliz, eu também, pois sabemos que são muitos os desenhos que recebem e foi escolhido o dela! Quem sabe se um dia nós visitamos a Praia da Vitoria”.

A Yara é uma menina de 7 anos, natural de Fornos de Algodres, distrito da Guarda, na zona centro do país. Atualmente vive em Paredes de Coura, distrito de Viana do Castelo, região norte e sub-região de Minho-Lima. À nascença foi-lhe diagnosticado uma doença crónica, Síndrome Nefrótico, insuficiência renal que lhe rouba as brincadeiras e lhe faz passar muito do seu tempo nos hospitais. No âmbito do projeto que envolve Pediatrias do SNS “Marinheiros da Esperança”, projeto que tem o apoio da Marinha Portuguesa, desenhou a praia da Praia da Vitória. Veja o desenho abaixo: