De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Serpa: detido cultivador de 944 pés de canábis

A GNR deteve um homem, de 45 anos, e desmantelou uma plantação ilegal com 944 pés de canábis, no concelho de Serpa, no distrito de Beja.

Em comunicado, o Comando Territorial de Beja da GNR revelou que a exploração ilegal de canábis foi desmantelada na quinta-feira, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Moura.

“No âmbito de uma ação de patrulhamento, foi detetada uma exploração agrícola, em local isolado, onde, entre as restantes culturas, se encontrava uma plantação ilegal com 944 pés de canábis”, explicou a Guarda.

No local, continuou, existia ainda um laboratório de processamento, “onde foi possível visualizar as várias fases do processo, desde o início da plantação, até à secagem, trituração e embalamento” da droga.

Os militares deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária e a outro em armazém, o que permitiu deter o homem e aprender diverso material, nomeadamente os 944 pés de canábis.

Da apreensão constam também 58 quilos de sementes e 30,50 quilos de sumidades de canábis, 24 frascos de óleo do mesmo produto estupefaciente, 893 tutores para plantas, 2.500 metros de mangueira de rega gota-a-gota ou 348 proteções de plantas em rede ovelheira.

Duas alfaias agrícolas e um trator, uma destroçadora de plantas de canábis, dois computadores portáteis, um ‘tablet’, um telemóvel, dois discos externos de armazenamento, duas balanças de precisão, uma máquina de selagem de embalagens em vácuo e 64,25 litros de fertilizantes completam a apreensão.

O detido ainda vai ser presente a primeiro interrogatório, no Tribunal Judicial de Serpa, para aplicação de medidas de coação.