De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Desporto

Seleção de sub-19 qualificou-se para as meias-finais do Europeu

A seleção portuguesa de futebol de sub-19 qualificou-se este sábado para as meias-finais do Campeonato da Europa da categoria, no qual defende o título, com um triunfo por 4-0 sobre a anfitriã Arménia, em Erevan.

Vítor Ferreira, aos 34 minutos, na conversão de uma grande penalidade, João Mário, aos 49, e Tiago Gouveia, aos 67 e 88, foram os marcadores dos golos da ‘equipa das quinas’, que terminou no primeiro lugar o grupo A, com os mesmos sete pontos da Espanha, que também segue para as meias-finais.

Portugal dominou o jogo praticamente desde o seu início, encostou a Arménia à sua área defensiva, e cedo criou sucessivas ocasiões para marcar, por Tiago Rodrigues, aos 08 minutos, Vitor Ferreira, aos 10, e Félix Correia, aos 17.

Remetido à condição de mero espectador, o guarda-redes português Celton Biai foi chamado a jogo aos 21 minutos para defender um remate de Grenik Petrsoyan, mas Portugal respondeu nos minutos seguintes com novas situações de perigo.

Fábio Vieira, aos 27 minutos, testou a atenção do guarda-redes Harutyun Melkonyan, que se opôs com segurança, tendo o mesmo jogador, aos 28, e Félix Correia, aos 29, procurado uma vez mais o golo, mas sem sucesso.

Portugal chegou à vantagem na conversão de uma grande penalidade por Vitor Ferreira (1-0), aos 34 minutos, a punir derrube de Narek Alaverdyan a Fábio Vieira, e a Arménia dispôs de uma oportunidade para empatar por Rafik Misakyan, aos 36.

O guarda-redes Harutyun Melkonyan negou o golo a Tiago Rodrigues, aos 39 minutos, com uma grande defesa, mas foi incapaz de evitar que a seleção lusa aumentasse a vantagem para 2-0 por João Mário, aos 50, após um bom trabalho na área.

Do banco da seleção portuguesa saiu o ‘aríete’ Tiago Gouveia para mais dois golos, aos 67 minutos, a corresponder de cabeça a um centro de João Mário, e aos 88 com um pontapé de longe, após um bom trabalho individual.

Portugal, que defende na Arménia o título conquistado há um ano, apurou-se para as meias-finais na primeira posição do grupo A, fugindo assim à França, e o seu adversário será conhecido no domingo, entre os candidatos Noruega, República da Irlanda e República Checa.