De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Patrões ameaçam trabalhadores que vão de férias a Portugal

Não vai ser um “querido mês de agosto” para metade dos portugueses que seriam esperados a partir de sábado nas fronteiras nacionais e que este ano decidiram não ir a casa.

Há quem alegue quebra de rendimentos e medo de contrair o vírus com as deslocações, mas também há quem tenha sido pressionado pelos patrões estrangeiros a não viajar.

As ameaças denunciadas pelas comunidades portuguesas da Suíça e Alemanha dão conta que muitos patrões “aconselharam” os portugueses a não irem de férias a Portugal em agosto, advertindo-os de que não seriam pagos e estariam a pôr os seus empregos em risco caso tivessem de fazer quarentena no regresso.

Leia mais em Jornal de Notícias.