De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Lembra-se dos polícias sinaleiros? Estão de volta a Castelo Branco

O Comando Distrital da PSP de Castelo Branco anunciou estar terça-feira que reintroduziu a figura do polícia sinaleiro nas zonas de maior densidade de tráfego rodoviário da cidade, um projeto-piloto que poderá ser estendido também à Covilhã

“Numa fase inicial, o polícia sinaleiro vai atuar na cidade de Castelo Branco, onde vai ser testada a sua utilidade de ação e a recetividade da população a esta iniciativa”, explicou à agência Lusa o subintendente Luís Soares.

A reintrodução do polícia sinaleiro, munido com o respetivo equipamento tradicional, aconteceu na segunda-feira, através de um elemento da Esquadra de Trânsito da PSP, sendo que, numa primeira fase, a sua presença nas ruas da cidade de Castelo Branco ocorrerá todas as segundas-feiras.

“O objetivo passa por implementar esta figura em Castelo Branco e, posteriormente, numa segunda fase, poderá vir a ser adotada esta solução na Esquadra da Covilhã. O arranque desta iniciativa ocorreu na segunda-feira”, afirmou.

Segundo o subintendente Luís Soares, para já, vai estar presente apenas um polícia sinaleiro que irá rodar pelas zonas onde há maior densidade de tráfico rodoviário em Castelo Branco, nomeadamente nos principais cruzamentos onde não existe a presença de rotundas e em zonas de passagem para peões.

“Para já, esta função será apenas realizada por um agente da PSP que, no passado, já tinha desempenhado estas funções e tem experiência, além de estar motivado”, concluiu.

O Comando de Castelo Branco pretende também homenagear esta figura ímpar e icónica da Polícia de Segurança Pública (PSP), que fazia parte do quotidiano citadino ainda da primeira metade do século XX, e que era acarinhada e respeitada pelas pessoas.

Adianta ainda que a iniciativa comprova que é possível conciliar a tradição com a modernidade e que a PSP está também muita atenta em não fazer esquecer a sua história e cultura institucionais.