De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Fundação de João Pina alberga português em situação precária

Foi hoje assinado um contrato de aluguer de um apartamento entre a Fundação Nova Era e o Grupo Jean Pina, do português residente em França João Pina, que visa albergar um lusodescendente que se encontrava há vários meses a residir num apartamento sem as condições mínimas de habitabilidade.

O empresário teve conhecimento da situação deste português através das rádio “Onda Lusa” e “Voz 3”, dois dos órgãos de comunicação social que têm vindo a divulgar o caso de Cristiano Gonçalves, que estava a viver em condições miseráveis.

João Pina decidiu ajudar Cristiano Gonçalves encontrando-lhe alojamento: desde já a Fundação Nova Era, de que é presidente, oferece o primeiro mês de renda.

“Não pude ficar indiferente a este caso, a pandemia tem vindo a agravar sobejamente as condições de vida de muitas pessoas”, disse João Pina.

Após a entrega das chaves da nova habitação, João Pina ofereceu um cabaz com alimentos, idêntico ao que tem vindo a entregar aos colaboradores da sua empresa nesta época pascal.

“Um dos objetivos da Fundação Nova Era é também este, para além de acompanhar os lusodescendentes em estado de pobreza, ajudando-os a nível alimentar com bens de primeira necessidade, roupa, produtos de higiene pessoal”, explicou Pina em comunicado enviado ao BOM DIA, completando que “a pretensão desta fundação é ajudar mas também reintegrá-los no mundo do trabalho, e sempre que possível disponibilizar uma habitação digna a custo “zero”, num período inicial e posteriormente com uma renda muito acessível”.

O apartamento em que fica alojado Cristiano Gonçalves é propriedade de uma das áreas de negócio do grupo liderado por João Pina, nos arredores de Paris, a Sci Spimmo. Nos meses subsequentes este novo inquilino pagará 60% do valor do mesmo enquanto viver sozinho.