De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Embaixador na África do Sul dirige-se aos portugueses

O Embaixador de Portugal em Joanesburgo, África do Sul, divulgou esta quinta-feira, através da página de Facebook oficial do consulado, uma nota dirigida à comunidade portuguesa relativa à pandemia do novo coronavírus, o Covid-19.

Leia o comunicado na íntegra:

“Caros portugueses na África do Sul,

Somos todos portugueses, mas o que se passa na África do Sul diz-nos respeito a todos.

Nestes tempos excecionais, somos todos humanos, todos lutamos contra um inimigo sem rosto que ataca toda a Humanidade. Todos os continentes e quase todos os países do mundo já foram afetados.

Perante o desafio do Covid-19, todos sabemos que temos que corresponder ao que se nos pede: temos que travar o contágio. Sem contagiar mais pessoas, o vírus morre. É para isso que nos são pedidas mudanças do nosso comportamento: lavar as mãos muitas vezes e muito bem e não tocar na cara com as mãos sujas; distância e isolamento social: e respeitar as regras de isolamento decididas pelas autoridades.

Neste último aspeto, peço muito em especial que todos os portugueses na África do Sul respeitem todas as ordens de recolher obrigatório (“Lockdown”) que foram fixadas pelas autoridades sul-africanas. As medidas são parecidas com as que tiveram que ser tomadas em muitos outros países, incluindo Portugal. O objetivo é de travar o contágio para matar o coronavírus.

É importante a colaboração de todos, para que o esforço resulte. Acrescento que as autoridades sul-africanas deram sinal de que as forças policiais e militares irão estar a patrulhar e aplicarão firmemente as sanções previstas. Espero que nenhum português seja penalizado. Assinalo que durante o “Lockdown” temos que reduzir o nosso serviço consular, que contudo iremos manter com limitações em Joanesburgo e no Cabo, em modalidades que serão explicadas em comunicações separadas. E as atualizações de informações podem ser obtidas na Internet no Portal das Comunidades Portuguesas.

Quero deixar aqui ainda uma palavra de lembrança dos mais vulneráveis e de apreço por todo o pessoal de saúde que luta para nos proteger desta pandemia. Neste tempo de Páscoa, deixamos com eles as nossas intenções.

E finalmente, uma palavra de conforto à nossa comunidade portuguesa na África do Sul, em toda a sua variedade: em todas as províncias deste país, na costa ou no campo, com comerciantes ou empregados, com profissionais ou estudantes, com gente na cidade ou nas quintas, com empresários grandes e pequenos, com os mais ou menos jovens. Todos juntos, estamos a passar tempos difíceis mas que nos podem fortalecer. Espero que assim seja.

Desejo a todos tudo de melhor, incluindo que permaneçam de boa saúde nesta provação – que iremos vencer.

Manuel Carvalho
Embaixador de Portugal na África do Sul”.