De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Duas plataformas digitais lusófonas premiadas pela ONU

A plataforma brasileira Sisterwave ganhou o Prémio Global de Startups da Organização Mundial do Turismo, OMT.

A criadora do serviço digital, Jussara Pellicano Botelho (na foto acima), explicou à ONU News, como a iniciativa se destacou entre as mais de 10 mil propostas concorrentes de todo o mundo.

“Dentro da plataforma existem mais de 18 mil mulheres com quem você pode contar. Dentre elas, 550 são anfitriãs e você pode ficar na casa delas. A gente está pretendendo lançar vários outros serviços nessa transformação da plataforma, que não é só a hospedagem, mas o que a gente já implementou do ano passado de forma presencial, assim que for possível com novos protocolos. São cursos e outros serviços de viagem entre mulheres”, explicou Jussara Botelho.

A proposta de Jussara está entre as 25 que foram premiadas pela agência da ONU pela contribuição ao turismo sustentável e responsável, apoiando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs.

O Sisterwave, do Brasil, sobressaiu entre concorrentes pelo ODS5, relacionado com a igualdade de género. Outro produto lusófono premiado foi o Siliconbali, de Portugal, na categoria do ODS17 sobre parcerias para atingir as metas globais.

A Siliconbali é uma plataforma que agrega ofertas de trabalho e voluntariado em Lisboa, Bali, Nairobi e Rio de Janeiro e que presta assistência ao consumidor no local para onde este viajar em trabalho.

Um dos fundadores, Lorenzo Gama, explicou que o objetivo é fazer com que “as pessoas entendam que somos uma geração muito capaz de viver e trabalhar noutro local”.

Neste momento a Siliconbali conta com dezenas de empresas e centenas de assinantes inscritos.

#portugalpositivo