De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Aulas de português numa escola pública na Venezuela

A diretora da primeira escola pública da Venezuela com aulas de português considera que o projeto, que teve início este ano letivo, constitui um sucesso entre os alunos, lamentando a falta de recursos para alargar a oferta.

Cerca de 150 alunos do liceu Fray Pedro de Ágreda começaram a aprender a língua há três semanas, no populoso bairro de El Valle, a sul de Caracas, explicou à Lusa Ana Curvelo.

“É uma inovação. Pela primeira vez estamos ensinando português num liceu público” e “somos os primeiros a nível nacional” a entrar neste projeto, afirmou.

Para a docente, “é muito importante que os alunos aprendam o idioma de Portugal devido à grande quantidade de portugueses que vivem no país”.

Em declarações à Agência Lusa, Ana Curvelo explicou que o ensino da Língua Portuguesa é uma oportunidade “de integração e comunicação” entre venezuelanos e portugueses, mas também uma “oportunidade para que estes jovens possam (no futuro) viajar a distintos países que falam a língua”.

Os alunos frequentam o quarto ano do ensino secundário, num curso que terá dois anos de duração.

Contudo, Ana Curvelo, considera que fazem falta “cursos para preparar docentes e poder abranger outros liceus”.

Na escola, quem dá as aulas é a professora de inglês e francês, a lusodescendente Maria Elizabeth Pestana que se mostrou entusiasmada com o projeto.

“Perguntei se podia dar aulas. Ele disse que sim. Fiz a proposta à diretora que disse que era uma boa iniciativa e então começámos”, disse.

“Eles (os alunos) ficaram muito contentes porque o português é muito mais fácil que o inglês e compreendem muito mais”, frisou.

Segundo a direção, as aulas que já duram há três semanas, começaram sem livros e sem outros materiais de apoio.

Na semana passada, o Camões – Instituto de Cooperação e da Língua fez chegar, através da embaixada de Portugal, livros, discos compactos com material audiovisual que vão ser usados no salão informático do liceu.