De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

A Idade Média regressa a Trancoso

Recriar a Feira de Trancoso – tão importante que até aparece nos autos de Gil Vicente – é o desafio que as Aldeias Históricas de Portugal convidam os visitantes a realizar no fim de semana prolongado de 5 a 7 de outubro. Estão prometidas visitas teatralizadas, cenários noturnos, gastronomia, animação de rua, e muita, muita festa!

“Vou-me à Feira de Trancoso” é o nono evento do ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa”, que durante todo o ano leva a cultura e a animação às 12 Aldeias Históricas de Portugal. Desta vez, a festa vai fazer os visitantes voltar atrás no tempo, até uma era em que Trancoso, devido a uma ótima localização estratégica e com grande vocação comercial, era conhecido em todo o país pelas suas importantes feiras e mercados.

Desde os primeiros séculos da nacionalidade que a Feira de São Bartolomeu tinha grande popularidade e era tão marcante para a região que os nossos reis lhe concediam uma proteção especial, com grandes regalias e privilégios. De tal forma que, no século XVI, Gil Vicente aludiu à feira de Trancoso no Auto de Mofina Mendes (“Vou-me à feira de Trancoso… E farei dinheiro grosso”, diz a protagonista).

Durante três dias, a Aldeia Histórica de Trancoso vai reviver esta tradição centenária e lembrar acontecimentos, figuras e cenas do quotidiano, que marcaram a importância da feira de Trancoso ao longo dos tempos. Para além do bulício do mercado, da animação, jogos e música tradicional, à noite as visitas teatralizadas possibilitam experiências singulares, com cenários de luz e escuridão. A gastronomia terá também um papel de destaque, com a prova de novas receitas baseadas na tradição.

Os visitantes não farão “dinheiro grosso”… mas também não sairão a perder, uma vez que o acesso à festa é livre e gratuito. Quem quiser aproveitar e ficar mais dias na região pode aproveitar um pacote especial de alojamento, com preços atrativos, disponível em https://bit.ly/2NHqsQU .

Esta é uma iniciativa das Aldeias Históricas de Portugal e do Município de Trancoso, apoiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

Programa completo do evento “Vou-me à Feira de Trancoso”

Sexta-feira, 5 de outubro
09h00 – Mercado Semanal / Feira: ateliês de ofícios tradicionais, animação de rua e jogos tradicionais.
10h30 – Gastronomia: visita dos chefs ao Mercado Semanal.
14h30 – Gastronomia: showcooking, com sugestões de pratos apresentados pelos chefs António Mauritti, Luís Jesus e Maria Gomes.
16h00 – Teatro de Marionetas: “Bravos Reis, Bravos Amores”.
17h00 – Gastronomia: apresentação dos restaurantes e sugestões de pratos a concurso, com momento de degustação.
21h00 – Centro Histórico: Cenários de Luz e Escuridão “Percursos da Memória” (Início do percurso nas Portas del Rei).
23h00 – Espetáculo “Fez-se Luz!”.

Sábado, 6 de outubro
10h00 – Mercado / Feira: ateliês de ofícios tradicionais, animação de rua e jogos tradicionais.
10h30 – Gastronomia: ateliê infantil com o chef António Mauritti.
15h00 – Gastronomia: showcooking, com sugestão de pratos para receituário histórico.
17h00 – Teatro de Marionetes: “D. Justiceiro, e os Saltimbancos do Rei”.
21h00 – Centro Histórico: Cenários de Luz e Escuridão “Percursos da Memória” (Início do percurso nas Portas del Rei).
23h00 – Espetáculo “Vou-me à Feira de Trancoso”.

Domingo, 7 de outubro
10h00 – Mercado / Feira: ateliês de ofícios tradicionais, animação de rua e jogos tradicionais.
11h00 – Gastronomia: showcooking, com apresentação das sugestões de pratos pelos chefs.
15h00 – Gastronomia: apresentação dos pratos vencedores e entrega dos prémios.
17h00 – Concerto “Albaluna: As 3 Culturas”.

Todas as atividades e concertos são gratuitos, mas as visitas teatralizadas “Percursos da Memória” são de inscrição obrigatória até uma hora antes da visita, no secretariado do evento, que funcionará na Praça D. Dinis.

A festa só acaba em dezembro

O ciclo “12 em rede | Aldeias em Festa” só termina em dezembro! Depois das nove Aldeias Históricas de Portugal que já receberam eventos, as festas continuam nas restantes. A saber: Idanha-a-Velha (1 a 4 de novembro), Monsanto (9 a 11 de novembro) e Belmonte (7 a 9 de dezembro). São nove meses de grande animação e que levam milhares de visitantes às 12 Aldeias Históricas de Portugal. A não perder!