De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Testemunhos reais: Mafalda Almeida, Life Executive Coach

Aqui partilhamos experiências, desafios e obstáculos em Job Search. Hoje com a entrevista realizada a Mafalda Almeida, Life Executive Coach, colunista do BOM DIA, Lisboa.

No início da tua carreira, quais os obstáculos mais relevantes no decurso do teu Job Search?
O principal obstáculo foi não ter qualquer know-how sobre como procurar os empregos de interesse, como abordar os melhores interlocutores. De facto notei que não tive qualquer apoio na minha Licenciatura sobre este tema. Tive de procurar sozinha, aprender sozinha. Teria sido tudo muito mais fácil se tivesse tido apoio nesse sentido. A ida a entrevistas de emprego também foi um enorme desafio, porque também não tive qualquer apoio. Hoje valorizo bastante a evolução que o mercado está a ter, mas penso que ainda existe um longo caminho por percorrer. Os jovens não estão preparados para a entrada no mercado de trabalho, a nível operacional. Sabem a teoria e os conteúdos, mas não sabemm como se comportar nos momentos iniciais inerentes à procura de emprego.

Sentiste o “poder e reflexos positivos do Networking” no teu percurso profissional?
Sim, sem dúvida. O networing é cada vez mais importante para quem deseja ir mais além a nível profissional. Ao realizarmos networking estamos a conhecer pessoas que nos vão com certeza ensinar alguma coisa. Vamos conhecer pontos de vista diferentes, e vamos conseguir criar massa crítica sobre vários temas.
No meu caso o networking deu-me e dá-me a conhecer pessoas brilhantes, inspiradoras. Hoje em dia temos de nos convencer que emm equipa vamos mais longe, e no fundo o networking é um trabalho de equipa, principalmente para quem tem negócio próprio ou para os trabalhadores independentes.

Os projectos internacionais não te aliciam? Portugal é sempre a tua prioridade?
Neste momento poderia considerar exercer a minha profissão de Coach na Europa ou nos Estados Unidos, por uma questão de identificação com a cultura. No entanto Portugal será sempre o meu porto seguro e a minha prioridade. Como Coach consigo trabalhar para o Mundo inteiro a partir de Portugal, porque grande parte do meu negócio é desenvolvido online.

Quando é que decidiste que podias ter um “Negócio próprio” e sair da tua “zona de conforto”?
Sempre tive uma veia empreendedora desde criança, e desde cedo percebi que o meu caminho passaria por ter o meu negócio, e por trabalhar da forma como eu desejo, seguindo os meus valores, os meus princípios. A decisão definitiva surgiu há um ano, quando verifiquei que o que estava a exercer a nível profissional já não me fazia feliz. Decidi que a minha vida iria mudar, e fiz tudo por isso sem olhar para trás. Hoje não me arrependo de ter o meu negócio, e assumo de sorriso no rosto e com um enorme orgulho todas as consequências da minha decisão.

Susana Matos Miranda
Career Coach | Talent Manager

Informações: Susana.miranda@george.pt

Fundada em Abril de 2015, a GEORGE presta Assessoria de Mudança de Carreira a Quadros Médios-Superiores e Executivos, em job search, em Portugal e no Estrangeiro.