De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Opinião

Silêncios

Dei-te a ouvir os meus silêncios
Pensava eu
Que aquilo que eu escutava
Tu ouvirias
Mas os silêncios
São quase e só as nossas vozes
Imperceptíveis
Na forma
No conteúdo
Nas cores
E nas fragâncias
Àqueles que ruidosamente se cercaram
De outras inquietudes
 
Os silêncios são órfãos
Dos seus pares
 
Paula Sá Carvalho
Agosto/2017