De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Secretário de Estado das Comunidades quer ouvir portugueses na África do Sul

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, inicia uma visita à África do Sul, com o objetivo primeiro de ouvir portugueses sobre os “desafios internos e regionais” naquele país africano.

José Luís Carneiro disse à agência Lusa que, na terceira visita à África do Sul “o primeiro grande objetivo é a auscultação dos representantes de todos os movimentos culturais, sociais e económicos na África do Sul, dado que o país vive também desafios importantes”.

O membro do Governo assinalou a importância do acompanhamento das comunidades portuguesas, “um esforço que tem uma dimensão de proximidade”, particularmente por se tratarem de núcleos lusos “distantes da Europa”.

O secretário de Estado estará em Pretória, na inauguração das novas instalações da Secção Consular da embaixada de Portugal.

As obras realizadas “vêm no seguimento de um esforço de qualificação de serviços consulares que já tinha tido um primeiro momento este ano”, aquando da visita do governante à África do Sul em abril, para visitar as novas instalações do consulado geral de Joanesburgo.

“Desta feita, vamos inaugurar as obras realizadas na Secção Consular da embaixada e, com um investimento de 140 mil euros, vamos conseguir ter uma economia anual de 50 mil euros de rendas que até aqui pagávamos pelo arrendamento de instalações onde funcionavam os serviços”, disse.

No sábado, José Luís Carneiro visita a Escola do Lusito, em Rosettenville, “que tem uma oferta escolar para meninos com necessidade educativas especiais”.

“Trata-se de um projeto emblemático do ponto de vista da justiça social e da promoção da igualdade na comunidade”, realçou, sublinhando que o Governo está determinado “em valorizar o esforço de ensino de língua portuguesa na África do Sul”.

Na última deslocação à África do Sul, José Luís Carneiro realizou “vários milhares de quilómetros, onde não ia um membro do Governo há mais de 20 anos”, para “verificar que há um crescimento de cerca de 30 por cento do número de inscrições de alunos, quer lusodescendentes quer sul-africanos nas aulas da língua portuguesa”.

Na África do Sul, o secretário de Estado vai também reunir-se com associações culturais e desportivas e com a Câmara do Comércio África do Sul-Portugal, para “mostrar a disponibilidade a vários níveis do Governo para os acompanhar nos seus esforços de internacionalização das suas empresas, quer por intermédio da ligação a Portugal quer pela ligação à África do Sul e aos países da África austral”.

No domingo, José Luís Carneiro viaja para a vizinha Suazilândia, para contactar com a comunidade nacional, constituída por cerca de 1.500 portugueses.