De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

“O Grande Circo Místico”: de Cannes para os cinemas do mundo

“O Grande Circo Místico”, uma coprodução portuguesa, brasileira e francesa, teve a sua estreia no passado dia 12 de maio, num dos mais importantes palcos do cinema internacional: o Festival de Cannes.

As críticas da imprensa nacional e internacional enaltecerem a “celebração de magia, entretenimento e cinema”, assim como o “excelente trabalho de direção artística e fotografia”, que ajudaram a transportar para o ecrã os muitos cenários de lugares e ruas da cidade de Lisboa, onde o filme foi integralmente rodado.

Para o produtor Luís Galvão Teles, “Ver a sala cheia levantar-se em uníssono a aplaudir longamente “O Grande Circo Místico” no final da sua projeção em Cannes foi como regressar aos meus sonhos de infância de que o grande espetáculo do circo era habitante permanente e necessário para continuar a viver o outro lado da vida”.

Marcaram presença na estreia os produtores portugueses Luís e Gonçalo Galvão Teles, da Fado Filmes, o realizador Cacá Diegues, e os atores Vincent Cassel, Nuno Lopes, Marcos Frota, Flora Diegues, Luiza Mariani, Marina Provenzzano, Mariana Ximenes, Renata Magalhães e Bruna Linzmeyer. Da equipa de produção francesa marcaram presença Jean-Pierre Gardelli, Danielle Ayroles, Nicole Marie e Christophe Penchenat e pela Latido Filmes, a distribuidora responsável por levar a obra ao resto do mundo, esteve o produtor Antonio Saura.

Após a visualização do filme, toda a equipa foi rodeada de aplausos, tendo o realizador Cacá Diegues manifestado a sua satisfação pelo impacto que a longa-metragem teve junto da audiência: “Estamos fazendo tudo de bom, em todas as linhas. A grande novidade do cinema brasileiro, para mim a mais importante, é a sua diversidade: regional, generacional, política, estética. O cinema nacional deixou de ser um género. Temos, dentro dele, todos os géneros”.

A Latido Filmes vai agora distribuir “O Grande Circo Místico” pelos quatro cantos do mundo, tendo já vendido o filme para dois dos seus maiores territórios: a China e a Rússia. E brevemente “O Grande Circo Místico” iniciará a sua tournée pelos ecrãs portugueses, enchendo-os de música, palhaços, animais, artistas, perigos, ambições, desgraças e emoções, ao som da música encantatória de Chico Buarque e Edu Lobo.