De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Festival Monte Verde de 10 a 13 de agosto na Ribeira Grande

Os músicos Seu Jorge, Ella Eyre, Wolfmother e o DJ britânico Andy C são os cabeças de cartaz do Festival Monte Verde, de 10 a 13 de agosto, na Ribeira Grande, Açores.

“Inicialmente predominava o reggae, mas hoje em dia encontra-se no festival todas as vertentes do rock, da música eletrónica, todas as vertentes do rap e do hip-hop até o trance. A ideia é ter um cartaz, transversal e eclético que chegue ao maior número de pessoas de todas as idades e gostos”, disse Jacinto Franco, da organização do Monte Verde, em declarações à agência Lusa.

A sexta edição do festival, cujo cartaz foi hoje apresentado em conferência de imprensa, inclui 39 atuações, 11 das quais internacionais, com a presença de vários artistas locais.

“De ano para ano temos tentado sempre oferecer um maior e mais variado estilo de música, porque temos um público de todas as idades e pretendemos chegar a todos eles”, sublinhou Jacinto Franco, acrescentando que o festival tem-se afirmado também a nível internacional, constatando que cada vez mais estrangeiros compram bilhetes para o Monte Verde.

O festival decorre na praia do Monte Verde, num recinto com lotação máxima entre as nove e as 10 mil pessoas, existindo ainda uma zona de campismo.

“Na última edição estivemos muito perto de atingir este número de pessoas em termos de bilhetes diários e gerais. Por dia tivemos cerca de oito mil pessoas que foi o recorde de todas as edições. Esperamos que este ano, principalmente pelo impacto que o cartaz está a ter, possamos pelo menos igualar os números do ano passado”, sublinhou Jacinto Franco.

O responsável adiantou que o orçamento do festival ronda os 700 mil euros, contando com apoios públicos, nomeadamente do Governo dos Açores e município da Ribeira Grande.

“Promovemos o festival e a região e essa promoção foi avaliada, no ano passado, em 360 mil euros. Neste relatório, realizado por uma empresa nacional, foi possível constatar o impacto direto na economia local que foi avaliado em 140 mil euros”, salientou, destacando que o Monte Verde tem ainda o apoio logístico de várias entidades.

Do cartaz constam ainda nomes como Dub Fx, Neev, Dillaz, Sigala, Sebastian, The Prototypes, Rinôçérôse, Valete e Vibe Tribe, entre outros.

O festival arranca dia 10 de agosto com uma festa de receção ao campista, segundo o responsável da organização, indicando que além do placo principal há ainda um outro secundário.

“Dentro de pouco tempo os bilhetes da segunda fase irão esgotar e passaremos para a terceira e última fase onde haverá um acréscimo de cinco euros aos atuais 28 (geral sem campismo) e 33 euros (geral com campismo), além de bilhetes diários a 18 euros”, explicou.