De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Corpo encontrado carbonizado é o de Ana Lopes

Confirmaram-se os receios de que o corpo encontrado carbonizado no interior de um carro em Roussy-le-Vilage, França, fosse o da jovem portuguesa desaparecida no Luxemburgo.

A informação foi confirmada por amigos e familiares da jovem portuguesa na rede social Facebook.

Ana Lopes, de 25 anos, natural de Seia, distrito da Guarda, e residente no Luxemburgo com os pais e a irmã, não era vista desde a madrugada de segunda-feira.

Familiares e amigos esperavam informações das autoridades, depois de na quinta-feira ter sido encontrado o seu carro carbonizado em Roussy-le-Vilage, em França mas muito perto do Luxemburgo. Um corpo estava no interior.

Os indícios sugeriam que o corpo seria mesmo o da jovem portuguesa desaparecida. As autoridades efetuaram análises de ADN para confirmar se se tratava ou não da proprietária do automóvel.

O alerta do desaparecimento de Ana Lopes foi dado pela família na segunda-feira nas redes sociais. O BOM DIA foi o primeiro meio de comunicação social a difundir o anúncio de desaparecimento. A reação lenta dos media no Luxemburgo e a ausência de informação por parte das autoridades chocou os utilizadores das redes sociais.

Ana Lopes deixa um filho de menos de dois anos, fruto de uma relação com um lusodescendente do Luxemburgo.