De que está à procura ?

Mundo

SATA com recorde de passageiros transportados num só dia

© DR

O grupo SATA, composto pelas operadoras SATA Air Açores e a Azores Airlines, registou no sábado um novo recorde diário de transporte de passageiros, com 10.961 pessoas.

“Ao todo, no conjunto da operação das duas companhias aéreas, foram transportados quase 11 mil passageiros, mais precisamente 10.961, número nunca antes alcançado num só dia de operação tendo a SATA Air Açores transportado 4.801 passageiros e a Azores Airlines 6.160 passageiros”, refere o grupo SATA em comunicado.

Segundo a operadora, os registos históricos da atividade “nunca antes haviam assinalado um dia com tanta afluência, o que resultou numa operação intensa tendo em conta a dimensão das companhias aéreas, a reforçar o que tem sido o verão de 2022 nos Açores, quer nas viagens de e para o arquipélago ou no interior do mesmo”.

As viagens realizadas no sábado contaram com passageiros provenientes de 13 destinos: Ponta Delgada, Pico, Horta, Terceira, Lisboa, Porto, Funchal, Porto Santo, Cabo Verde, Nova Iorque, Boston, Toronto e Paris.

As companhias aéreas do grupo SATA atingiram em 31 de julho um milhão de passageiros transportados, dez semanas mais cedo do que em 2021 e dias antes do ocorrido em 2019.

Em comunicado, datado de 03 de agosto, o grupo de aviação açoriano adiantou que “a marca simbólica de um milhão de passageiros” transportados nas companhias aéreas do grupo – SATA Air Açores e Azores Airlines -, “acabou por ser alcançada antes mesmo do registado em 2019”.

“A 31 de julho de 2022, o grupo SATA atingia a marca de um milhão de passageiros transportados”, assinalou a empresa.

A companhia já tinha também revelado que o grupo SATA obteve no primeiro semestre receitas consolidadas de 107,9 milhões de euros, um crescimento de 51,4% em relação ao mesmo período de 2021 e de 15,2% em relação ao mesmo período de 2019.

Numa nota enviada às redações, a companhia aérea açoriana informou que este valor “passa a constituir o melhor primeiro semestre em termos de receita desde que há registos consolidados”.

Os números assinalam “a recuperação do tráfego pós-pandemia” de covid-19 e, por consequência, a “recuperação da atividade turística, fundamental para a Região Autónoma dos Açores”, explicou ainda a companhia.

TÓPICOS