De que está à procura ?

Mundo

Papa pede o fim da “loucura da guerra”

© DR

O Papa reforçou domingo o seu apelo ao fim da guerra na Ucrânia, iniciada a 24 de fevereiro, pedindo que os responsáveis pelo conflito abandonem as armas.

“À Virgem Santa, apresento em particular os sofrimentos e as lágrimas do povo ucraniano. Diante da loucura da guerra, por favor, continuemos a rezar todos os dias o Rosário pela paz”, pediu, após a recitação da oração pascal do ‘Regina Coeli’, desde a janela do apartamento pontifício.

Francisco falava aos milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro, associando-se à peregrinação pela paz dos católicos italianos ao Santuário de Pompeia.

“Espiritualmente ajoelhado diante de Nossa Senhora, confio-lhe o ardente desejo de paz de tantas populações, que em várias partes do mundo, sofrem com a catástrofe sem sentido da guerra”, disse.

Rezemos pelos responsáveis das nações, para que não percam o sentir do povo, que quer a paz e sabe bem que as armas nunca a trazem”

O Papa deixou saudou um grupo de refugiados ucranianos e as famílias que os recebem, na Itália.

TÓPICOS