De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Desporto

Open de Portugal volta a contar para o circuito europeu

O Open de Portugal em golfe vai deixar de ser apenas pontuável para o Challenge Tour e vai voltar a integrar, este ano, o calendário do European Tour, entre 17 e 20 em setembro, no Royal Óbidos.

Depois de um interregno de dois anos, a 58.ª edição do Open de Portugal pontuará para o Challenge Tour e European Tour, assumindo assim a categoria de ‘dual ranking’, e completará o ‘swing Ibérico’, juntamente com o Portugal Masters e o Estrela Damm N.A. Andalucia Masters.

O torneio português já estava previsto para setembro no Royal Óbidos Spa&Golf Resort, mas integraria apenas a ‘Road to Mallorca’ do Challenge Tour. Graças ao regresso ao European Tour, depois de interrupção em 2017, o Open de Portugal vê o ‘prize-money’ ascender dos 200 mil euros para os 500 mil euros.

“Estamos muito felizes por garantir outro Open de Portugal de dupla classificação e que se mudará para Royal Óbidos pelos próximos três anos. Esta região oferece uma variedade de campos, tornando-o um destino de golfe muito interessante em Portugal. Acreditamos que Royal Óbidos, um projeto de Seve Ballesteros, será um bom teste de golfe para os jogadores do European Tour e do Challenge Tour”, comentou Miguel Franco de Sousa, presidente da Federação Portuguesa de Golfe.

Já Ben Cowen, vice-diretor de operações do European Tour, explicou a estratégia adotada para fazer regressar o evento português, que não se realizou entre 2011 e 2016, ao principal circuito, na sequência da retoma da competição internacional, após a paragem na sequência da pandemia provocada pela covid-19.

“Ao planearmos a remodelada ‘Race to Dubai 2020’, uma parte da nossa medida de abordagem foi a de jogar-se, sempre que possível, em grupos de regiões ou territórios”, começou por justificar Ben Cowen.

Tendo em conta que a 58.ª edição do Open de Portugal completará o ‘swing ibérico’, logo após Estrella Damm NA Andaluzia Masters, no Real Club Valderrama, de 03 a 06 de setembro, e o Portugal Masters, no Dom Pedro Victoria Golf Course, em Vilamoura, de 10 a 13 de setembro, o vice-diretor de operações do European Tour acredita que poderá ser mais uma mais valia para os jogadores.

“Adicionar o ‘Open de Portugal at Royal Óbidos’ como um evento ‘dual ranking’ cria um ‘Iberian Swing’ de três torneios para os jogadores no European Tour, e oferece mais boas notícias para os membros do Challenge Tour, pois o evento permanece na ‘Road to Mallorca’ pela terceira temporada consecutiva, com um ‘prize-money’ aumentado para 500 mil euros”, acrescentou.