De que está à procura ?

Europa

Mélenchon perde mas acredita que pode ser governo

O líder da coligação de esquerda em França, Jean-Luc Mélenchon, disse que a sua força ainda pode chegar ao Governo, declarando a derrota do Presidente nas legislativas e de todos os que “tinham lições para dar” à esquerda.

“Quanto maior é a convulsão, maiores são as oportunidades. A França é uma nação política, mesmo quando ela fala através da abstenção. Não minimizemos o nosso povo. Vão ver a nossa força incrível”, declarou Jean-Luc Mélenchon, perante centenas de pessoas.

O líder da esquerda francesa falava após serem conhecidos os primeiros resultados da segunda volta das eleições legislativas, indicando que a estratégia da coligação de esquerda Nova União Popular Ecologista e Social (NUPES) funcionou, retirando a maioria absoluta ao Presidente, Emmanuel Macron.

“Mesmo se o resultado ainda não está completamente decidido, o que temos é uma situação totalmente inesperada, a derrota do Presidente é total e nós atingimos o nosso objetivo que era de num mês fazer cair aquele que tinha tanta arrogância”, indicou.

Quanto a possíveis entendimentos entre esquerda e as forças do Presidente, Mélenchon diz que isso nunca será possível.

“Não há qualquer diferença a ser ultrapassada entre nós e a maioria. Nós não somos do mesmo mundo, não temos os objetivos nem temos os mesmos valores”, concluiu.

TÓPICOS