De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Jogo do dia Euro2016: Bélgica-Hungria

A França não ganhou para o susto 2-1 sobre a República da Irlanda mas está apurada para os quartos de final. A Alemanha bateu sem contemplações a Eslováquia e também acompanha os franceses.

O jogo do dia foi o Hungria-Bélgica.

Jogo aberto, ritmo altíssimo com várias transições de parte a parte com Hasard (exibição de grande nível) e De Bruyne muito ativos nos belgas, que abriram o marcador num livre lateral com um cabeceamento de Alderweireld. Na etapa inicial foram concedendo alguma bola aos magiares, para lançarem rápidos contra-ataques que fizerem Kiraly o guarda redes húngaro brilhar por um par de vezes.

Já no segundo tempo a equipa húngara mexeu na equipa colocando Elek ao lado do miúdo é bom de bola Nagy no meio campo, o que lhes permitiu ser mais agressivos na conquista da bola e por sua vez mais atacantes. Estiverem mesmo perto de empatar a partida nomeadamente no remate de Pinter a que Courtois reagiu de forma soberba.

Até que Hasard, sempre ele, numa jogada individual resolveu definitivamente o encontro servindo Batshuayi de forma sublime para o 2-0. Não satisfeito e em noite inspirada, Hasard voltou a partir os rins à defesa magiar e a encostar para o 3-0. O quarto golo chegou nos descontos com Carrasco (na foto) a fazer o gosto ao pé num jogo onde a equipa húngara teve uma prestação aceitável não merecendo o resultado tão avultado, como se pode verificar na posse de bola 54% para os húngaros 46% para os Belgas.

Kadar esteve em destaque nesse aspecto com 66 passes e Nagy com 49 também.
Hasard esteve em grande também nas bolas recuperadas 10.
Lugar aos quartos de final para os belgas.