De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Embaixador no Reino Unido envia mensagem de esperança

O Embaixador de Portugal no Reino Unido, Manuel Lobo Antunes, divulgou esta terça-feira, através da página de Facebook oficial da embaixada, uma nota dirigida à comunidade portuguesa relativa à pandemia do novo coronavírus, o Covid-19.

Leia, em baixo, a mensagem do representante português.

“Caros concidadãos,

Dirijo-me a vós neste momento de incerteza e de perturbação profunda do nosso quotidiano. A epidemia de Covid-19, que todos inquieta e que não discrimina nos que atinge, exige de nós o nosso melhor: civismo, bom-senso, solidariedade.

Aos que residem no Reino Unido, apelo a que sigam as instruções e recomendações das autoridades britânicas e do National Health Service (disponíveis aqui).

Se tiverem sintomas da doença, façam quarentena e recorram às linhas de apoio existentes. Quanto aos demais, deverão respeitar as restrições agora determinadas pelo Governo, mantendo-se em casa, sem deslocações desnecessárias.

Neste quadro de volatilidade, em que cada vez mais países encerram fronteiras e se cancelam voos, a mais elementar prudência deve guiar-nos: não é o momento para deslocações não essenciais. Informem-se sobre as vias que permanecem abertas, recorram às vossas agências de viagens e às companhias aéreas e, se necessário, à linha de apoio Covid-19 criada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (cujos contatos poderão encontrar aqui).

A todos, deixo uma certeza: poderão sempre contar com o apoio dos nossos Consulados-Gerais em Londres e em Manchester, dos nossos Consulados Honorários, e naturalmente da nossa Embaixada. As informações de contato estão disponíveis no Portal das Comunidades Portuguesas.

Mas recordo que também os nossos funcionários têm de se resguardar e salvaguardar a sua saúde e a dos seus familiares. Por essa razão, entre outras medidas o atendimento presencial foi reduzido aos casos de estrita urgência, para que melhor possamos responder às emergências dos que se nos dirigem. Tenho a certeza que o compreenderão.

A terminar, quero deixar uma mensagem de esperança e de confiança: o sentido cívico é hoje mais importante que nunca, e os comportamentos preventivos, individuais e coletivos, serão a chave para superar a pandemia. Por isso proteja-se a si, proteja a sua família, proteja a sua comunidade, e juntos ultrapassaremos este desafio”.