De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Alcobaça acolhe ‘maior in Jazz de sempre’

Três concertos em três lugares diferentes marcam, no próximo fim de semana, a sexta edição do festival “in Jazz”, organizado pela União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria e que se prepara para apostar na internacionalização.

O festival “tem vindo a crescer desde a sua primeira edição e será este ano o maior de sempre”, disse à agência Lusa Bruno Adriano, tesoureiro da União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria (UFAV), que há seis anos organiza o “in Jazz”.

Assumido desta vez como o ponto alto das comemorações do 6.º aniversário daquela união de freguesias do concelho de Alcobaça, no distrito de Leiria, o “in Jazz” 2019 arranca na sexta-feira (dia 8) com o Quinteto Luís Cunha, no Armazém das Artes.

Segue-se, no sábado (9), o Quarteto Ciro Cruz, no palco da Sociedade Filarmónica Vestiariense e, no domingo (10), o Quinteto Paula Oliveira (que musicou poemas de José Saramago), na Biblioteca Municipal de Alcobaça.

O objetivo, perseguido desde a primeira edição, “é proporcionar aos fregueses espetáculos de qualidade, num tipo de música que têm vindo a conhecer cada vez melhor e para o qual já existem espetadores fidelizados que todos os anos enchem as salas”, afirmou Bruno Adriano.

O crescimento tem-se notado, segundo a organização, ao nível do investimento e do acréscimo do número de espetáculos, mas também “na qualidade e diversidade de estilos que integram a programação”.

Com um orçamento anual de 11 mil euros, integralmente suportados pela UFAV, o festival prepara agora “um salto para a internacionalização e o alargamento a cinco dias de concertos”.

Mas, acrescentou Bruno Adriano, “para trazer a Alcobaça uma Big Band ou uma formação de outro país é preciso aumentar o orçamento”, o que fará com que esta seja “provavelmente a última edição gratuita” do “in Jazz”.

A definição do novo modelo de festival ainda está a ser estudada mas deverá incluir, além de entradas pagas, a realização de um concurso para formações jazzísticas.