De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Mercado à Moda Antiga de Oliveira de Azeméis é este fim-de-semana

A 21.ª edição do Mercado à Moda Antiga de Oliveira de Azeméis realizar-se-á a 20 e 21 de maio e terá um encontro internacional de concertinas, para o qual já estão confirmados músicos italianos, anunciou a autarquia.

O evento é organizado pela autarquia local, que, nessa recriação dos hábitos comerciais e culturais de finais do século XIX, conta com o envolvimento de mais de 80 coletividades do concelho e cerca de 2.000 figurantes, todos trajados de acordo com a época.

“Estamos a trabalhar com as associações e escolas para fazer do Mercado mais um êxito e corresponder às expectativas do crescente número de visitantes que temos registado, vindos de diferentes regiões do país”, declarou à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, Isidro Figueiredo.

Nesse sentido, “a grande novidade” em que a autarquia apostou este ano é o encontro internacional de concertinas”, acrescentou

“Vai reunir músicos de diferentes países em espetáculos que permitirão perceber melhor como o pequeno acordeão, que faz parte da tradição musical portuguesa, também está profundamente enraizado noutras culturas de expressão latina, constituindo um elo de ligação evidente entre diferentes povos da Europa”, realçou o autarca.

No total, o Mercado à Moda Antiga conta assim receber “mais de 300 concertinas, em atuações individuais e de grupo, com presença garantida nos dois dias do evento” e a participação já confirmada do grupo italiano Dino Baffetti, ligado à marca que é “o expoente máximo na construção de concertinas e acordeões”.

Essa experiência será, aliás, partilhada com o público que visite Oliveira de Azeméis nesse fim de semana, já que o programa do Mercado inclui uma oficina sobre construção de concertinas e também um período em que os visitantes são convidados a executar esse instrumento e a testar o seu talento pessoal na sua execução.

Em resultado dos contactos agilizados pelo grupo local “Música, Acordes e Tradições”, outra presença também já confirmada no encontro é a de Alessandro Gaudio, Campeão do Mundo de Acordeão Diatónico.

Isidro Figueiredo propõe-se assim reunir em Oliveira de Azeméis “o máximo de executantes e amantes da concertina, criando entre os grupos locais e os visitantes uma simbiose em torno deste instrumento incontornável da cultura musical popular”.

A edição de 2017 da recriação histórica da cidade incluirá ainda dezenas de tascas e tabernas, bancas de mercadores e artesãos, mostras de ofícios e costumes, jogos tradicionais e danças tradicionais, entre diversas outras propostas.