De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Viseu exige esclarecimento sobre quarentena de emigrantes

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões pediu às autoridades de saúde que esclareçam urgentemente a sua posição sobre a quarentena profilática dos emigrantes e de cidadãos que chegam à região oriundos de outros pontos do país.

“O conselho intermunicipal da CIM Viseu Dão Lafões reitera a urgência de que estas autoridades de saúde façam chegar a sua posição sobre esta matéria, para que tal seja avaliado em sede de coordenação interministerial”, refere a organização, em comunicado.

O apelo da CIM surgiu na sequência de uma reunião que serviu para fazer um ponto de situação sobre a evolução da situação epidemiológica da infeção do novo coronavírus na região.

“Cada dia que passa pode ser um dia irrecuperável para travar a progresso desta pandemia”, alerta.

A CIM lembra que já tinha pedido que fossem tomadas medidas relativas à chegada de emigrantes e de cidadãos que vivem noutras zonas do país, de forma a evitar o contágio do novo coronavírus, mas, até ao momento, “continua sem receber qualquer informação sobre esta pretensão”.

O pedido de esclarecimento tem também em conta “a atual posição da diretora-geral da Saúde, que declara que cabe às entidades locais e regionais de saúde, em função da avaliação da situação da evolução da pandemia covid-19 nos seus territórios, a cada momento, sinalizar e solicitar essa pretensão, para que, do ponto de vista nacional, sejam articuladas soluções nacionais com iguais critérios de aplicação”.