De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Vem

Ah Verão que te quero mostrar àqueles que te verão!

Vem.
Traz o sol. A tua cor. O dourado
Do azul do sol
Que há muitos anos escrevi.

Quando te aproximas
Temo que passas depressa
E logo vem, verão que vem, o Inverno.

Sofro por antecipação.
Mas agora não vens.

Porquê?!
Não gostas de nós?
Temos-te feito bastante, muito mal, não é?!
Não vens por mor da inflação?!

Caramba!
Vem.
Há tantos que não querem esquecer
Que te verão.
Há tantos que te querem, Verão.

014/07/01
Mário Adão Magalhães

(Não pratico deliberadamente o chamado Acordo Ortográfico).