De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Um fulano foi a França

Um fulano foi a França tratar de negócios para a empresa onde trabalhava.

À noite foi beber um copo e conheceu uma mulher com quem se envolveu sexualmente. Durante a relação sexual, o homem teve um enfarte e faleceu deixando um mulher viúva e duas crianças orfãs.

Após isto, a empresa recusou-se a dar um indemnização à família. No entanto um tribunal francês decidiu que se tratou de um acidente laboral e agora a empresa terá que pagar à família enlutada 80% do salário até à idade em que este, se eventualmente estivesse vivo, se reformaria.