De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

SATA já realizou 14 “missões covid”

A transportadora SATA adiantou ter somado “14 missões especiais realizadas em tempos de pandemia”, demonstrativas de que houve “capacidade de adaptação às diferentes situações e a competência operacional instalada”.

“Destas 14 missões, nove foram voos de Estado, fretados por diferentes governos. Ao todo, entre março e julho, mais de uma dezena de países foram tocados pela companhia aérea açoriana, que passou por geografias tão distintas quanto as da República Popular da China, a Áustria, o Canadá, Guiné-Bissau, Cuba, Brasil, Cabo Verde, Portugal Continental e, naturalmente, o arquipélago dos Açores”, destaca a SATA em nota enviada à imprensa.

Se “a suspensão de atividade regular foi uma realidade que as transportadoras do Grupo SATA também enfrentaram, é também certo”, prossegue a transportadora açoriana, que, “ao longo do difícil período que se atravessa, houve a oportunidade de demonstrar ao mercado e aos parceiros, com os quais estas operações se desenvolveram, a capacidade de adaptação às diferentes situações e a competência operacional instalada”.

A mais recente missão especial consistiu num “voo charter de dimensão atlântica, que voltou a tocar três nações distintas, partindo de Lisboa com direção ao Gana e do Gana com destino ao país insular dos Barbados”.

O objetivo desta missão foi o de assegurar o transporte de uma comitiva de profissionais de saúde – 94 enfermeiros do Gana para Barbados – ao abrigo de um acordo entre os governos dos dois países.

Estes profissionais, diz a SATA, irão trabalhar por um período de dois anos nos hospitais públicos de Barbados.