De que está à procura ?

Desporto

Sá Pinto emigra para voltar a ser feliz

© DR

Depois de uma época muito tremida ao serviço do Moreirense, clube que acabou por ser relegado para o segundo escalão do futebol português, Sá Pinto volta a emigrar e prepara-se para enfrentar um desafio nos iranianos do Esteghlal.

Enquanto jogador destacou-se sobretudo nos campos da Primeira Liga, mas depois de pendurar as botas o nortenho tem representado, maioritariamente, emblemas de campeonatos periféricos.

Em 2011/12 Sá Pinto estreou-se como treinador principal no Sporting, mas os anos que se seguiram foram repartidos entre a Sérvia e a Grécia.

Em 2015/16 abraçou o projeto do Belenenses, tendo conseguido apenas oito vitórias em 26 partidas disputadas, mas no ano seguinte fez as malas e só voltou a Portugal em 2019/20 para orientar o Braga. Pelo meio treinou equipas na Arábia Saudita, Roménia, Bélgica e Polónia.

Em 2020 foi contratado pelo Vasco, mas no Brasil só completou 15 jogos. Seguiu-se o Gaziantep, da Turquia, e finalmente o Moreirense, antepenúltimo classificado da última edição da Primeira Liga.

Agora, no Esteghlal, Sá Pinto vai tentar voltar a ser feliz.

TÓPICOS