De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Reino Unido: Robôs podem substituir 250 mil funcionários públicos

© Pixabay

“Work in Progress” é o nome de um relatório do Reform, um “thinktank” britânico, que estima que robôs e computadores possam substituir quase 250 mil empregos no sector público ao longo dos próximos 15 anos. O estudo adianta que os serviços públicos poderiam poupar e apresentar melhores serviços com a incorporação de novas tecnologias. O preço será o impacto no emprego.

O uso de websites e de dispositivos de inteligência artificial (como os “chatbots”, programas que simulam conversações com os clientes) deverá, de acordo com o Reform, melhorar a eficiência dos serviços públicos e poupar milhares de milhões de libras.

O Reform estima que o uso de tecnologia possa dispensar 132 mil trabalhadores administrativos dos serviços centrais até 2030 – quase 90% do total – e resultar em poupanças de 2.600 milhões de libras por ano (cerca de 3.000 milhões de euros). Na saúde, poderiam ser subtraídos mais de 110 mil postos de trabalho administrativos e em posições de recepção, poupando 1.700 milhões de libras (1.970 milhões de euros).

Por exemplo, quase um terço das funções desempenhadas por enfermeiros poderia, de acordo com o documento de 90 páginas, ser confiado a aplicações informáticas, como a recolha de informação e a entrega de medicação.

O relatório resulta de entrevistas com 17 peritos de áreas como a saúde, universidades, governo e indústria.