De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Reino Unido: portuguesa cria pulseira anti-assédio

Beatriz Carvalho, estudante de design em Edimburgo, na Escócia, criou um protótipo de pulseira contra o assédio sexual. A Lux, como lhe chamou,  é o seu trabalho de fim de curso, e está agora a aguardar investidores para entrar no mercado.

A Lux tem o aspeto de uma pulseira normal, dentro de si possui uma aplicação que quando pressionada duas vezes pisca de forma a alertar para o fato de a pessoa se sentir em perigo.

Beatriz Carvalho vive em Edimburgo desde o início da adolescência, e é finalista de design na Universidade de Napier. Em entrevista à revista VISÃO a jovem explicou a origem da ideia, “é um problema grave, aqui e, ao que vejo, um pouco por todo o mundo, e não há nada no mercado para ajudar quem precisa”.

O alarme da pulseira funciona de duas formas, ao “acender permite dar um aviso ao abusador, mas também a quem estiver por perto, de que aquele comportamento não é aceitável”, mas para além disso “é possível juntar os contactos das pessoas com quem se está e o aviso segue para todas, seja com luz ou pelo telefone”.

Beatriz declara que “ninguém deve ter medo de sair à noite. Ninguém.”