De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Quer trabalhar na Comissão Europeia?

A Comissão Europeia anunciou esta semana que pretende recrutar 217 especialistas TIC, 147 Administradores (AD 8) e 70 Assistentes (AST4), como agentes temporários e com experiência nos seguintes domínios:

Tecnologia avançada: computação de alto desempenho:
– (AD8), refª COM/TA/AD/01/20 – 1
– (AST4), refª COM/TA/AST/02/20 – 1

Tecnologia avançada: tecnologias quânticas:
– (AD8), refª COM/TA/AD/01/20 – 2

Análise de dados e ciência dos dados:
– (AD8), refª COM/TA/AD/01/20 – 3
– (AST4), refª COM/TA/AST/02/20 – 3

Local de trabalho digital, burótica e computação móvel:
– (AD8), refª COM/TA/AD/01/20 – 4
– (AST4), refª COM/TA/AST/02/20 – 4

Segurança das TIC:
– (AD8), refª COM/TA/AD/01/20 – 5
– (AST4), refª COM/TA/AST/02/20 – 5

Infraestrutura informática e computação em nuvem:
– (AD8), refª COM/TA/AD/01/20 – 6
– (AST4). refª COM/TA/AST/02/20 – 6

De acordo com o comunicado enviado ao BOM DIA, os candidatos só se podem inscrever num domínio dentro do mesmo grau e aqueles que forem selecionados podem receber uma proposta de contrato de agente temporário por um período de quatro anos.

A remuneração é composta por um vencimento de base complementado por subsídios específicos, incluindo o subsídio de expatriação e o abono de família (se aplicável).

O principal local de afetação será o Luxemburgo, mas algumas vagas são em Bruxelas.

Elegibilidade

1) Condições gerais:

Os candidatos devem ser nacionais de um Estado-membro da UE, estar em situação regular face às leis nacionais de serviço militar e oferecer as garantias de idoneidade moral;

2) Condições específicas — línguas:

Conhecimento de, pelo menos, duas línguas oficiais da UE, uma ao nível C1 (conhecimento aprofundado) e a outra ao nível B2 (conhecimento satisfatório); a segunda língua deve ser o francês ou o inglês;

3) Condições específicas — qualificações e experiência profissional:

Para a categoria AD8: licenciatura de 4 anos, seguida de 9 anos de experiência profissional no domínio das TIC, dos quais pelo menos 3 anos no domínio escolhido; ou licenciatura de 3 anos, seguida de 10 anos de experiência profissional no domínio das TIC, dos quais pelo menos 3 anos no domínio escolhido.

Para a categoria AST4: pelo menos 2 anos de estudos pós-secundários, seguidos de 6 anos de experiência profissional no domínio das TIC, dos quais pelo menos 3 anos no domínio escolhido; ou ensino secundário, seguido de 9 anos de experiência profissional no domínio das TIC, dos quais pelo menos 3 anos no domínio escolhido.

A candidatura é efetuada por via eletrónica, no sítio Internet do EPSO, até 6 de fevereiro de 2020 às 12 horas (meio-dia), hora de Bruxelas.

Leia atentamente o anúncio, tendo o cuidado de não deixar a validação da candidatura para o último dia.

Mais informação e outras oportunidades podem ser consultadas aqui.