De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Presidenciais: A ventura

É inquestionável para mim desvalorizar o tipo de ataque que a comitiva de André Ventura foi alvo, bem como a quem quer que seja alvo de idênticos ataques.

De todo o modo quer-me parecer que este género de ataque – a violência – é apenas mais polémica. Dá mais nas vistas.

Fora isso, tenho uma certa dificuldade em aquilatar qual a gravidade das agressões verbais feitas pelo candidato presidêncial André Ventura aos seus adversários, os concorrentes presidenciais e outros políticos.

Até pelo contexto – muito menos tolerável – em que o candidato as proferiu.

O ataque verbal, notóriamente odioso, ofendeu muitos mais portuguêses que este grave ataque na parte final da campanha. E este foi também muito ofensivo: registe-se.

(Não pratico deliberadamente o chamado Acordo Ortográfico).

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.