De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Portugueses na construção civil já usufruem de nova convenção coletiva

Depois de longas e muitas vezes difíceis negociações, a Convenção Colectiva de Trabalho (CCT) para os cerca de 18 000 trabalhadores do sector da Construção e da Engenharia Civil do Luxemburgo foi renovada esta semana.

O acordo assinado hoje prevê, entre outros, um aumento dos salários  de 2,4% em três anos (1% a 1 de Janeiro de 2019, 0,7% a 1 de Janeiro de 2020 e 0,7% a 1 de Janeiro de 2021), um aumento dos salários reais de 2%, através de uma revalorização do prémio de fim de ano que passa de 5 para 7%.

Segundo a central sindical OGBL, este acordo “é fruto da mobilização maciça que teve lugar na grande manifestação” organizada pela central, e na qual os portugueses do Luxemburgo marcaram presença.

A OGBL, em comunicado, felicita “os trabalhadores da construção pela determinação e vontade demonstradas para melhorar as suas condições de trabalho e de remuneração”.

Este acordo garante grandes avanços para os trabalhadores de um setor dominado por assalariados portugueses e lusodescendentes.