De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Portugueses da diáspora entre os mais promissores do mundo

A revista Forbes anunciou a sua lista de jovens mais prometedores da Europa, e há cinco portugueses da diáspora incluídos. Trata-se de uma lista de 300 jovens com 30 anos ou menos, distinguidos em 10 indústrias e oriundos de 32 países europeus, da qual constam, no total, oito portugueses.

Entre os distinguidos está José Maria Macedo, residente em Londres e cofundador da AmaZix Capital, uma empresa de consultoria financeira especializada em digital assets e blockchain.

Na categoria “Science & Heathcare” surgem três portugueses da diáspora. A viver na Suécia, Fábio Rosa é cofundador de duas startups a trabalhar na área da imunoterapia oncológicaa Asgard Therapeutics e a Blood Reprogramming Technologies. Já Joana Paiva e Luís Valente vivem no Reino Unido e são cofundadores da iLoF, uma startup que usa inteligência artificial para construir uma biblioteca de biomarcadores de doenças com base na cloud, e inicialmente focada na doença de Alzheimer. Os dados que armazenam deverão reduzir os custos e o tempo de desenvolvimento de medicamentos, avança o portal Eco.

A lista de portugueses da diáspora distinguidos fica completa com Catarina Macedo, residente em Washington, e elencada na categoria de “Sports & Games”. Catarina Macedo estudou na Universidade do Minho e é program manager da Xbox. Segundo a Forbes, a portuguesa “contribui com features sociais em produtos como o Game Bar ou a app da Xbox para PC”. Catarina Macedo também lidera a iniciativa interna de programação e diversidade “Women in Gaming”.

Também na lista, mas a viver em Portugal, estão o cofundador da Portugal Fintech, Simão Cruz, e os cofundadores da startup AddVolt, Bruno Azevedo e Rodrigo Pires,

A Forbes explica que procura nesta lista encontrar  “jovens líderes visionários que reinventam descaradamente os negócios e a sociedade”.

#portugalpositivo