De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Portugal e Cabo Verde “de mãos dadas” no Luxemburgo

Soleuvre, no Luxemburgo, acolheu o espetáculo “Portugal e Cabo Verde, duas culturas de mãos dadas”, uma organização da Associação ADIE – Associação de Divulgação e Intervenção Educativa e da Associação Carpe Diem na Aldeia, em parceria com a Coordenação de Ensino de Português, e cuja apresentação contou com a parceria do BOM DIA.

Neste evento marcaram presença vários artistas que ao longo da noite presentearam, os cerca de 400 participantes, com momentos, tal como prometido pela organização, em que a música tradicional portuguesa, a morna e a coladeira de Cabo Verde foram rainhas, nomeadamente com a participação da Celina da Piedade, da Ana e Margarida Santos e do André Mesquita do Projeto Almandré e da Rita Barros.

A estas expressões artísticas e culturais foram ainda aliadas outras, designadamente a narrativa oral pelo contador de histórias Luís Carmelo e as marionetas de Roger, o grupo de teatro Jodicus, que animaram as dezenas de crianças presentes, que voluntariamente se sentaram à frente do palco.

Simultaneamente ao espetáculo, esteve patente na sala a exposição de fotografias “Este Natal vamos oferecer sorrisos em Cabo Verde”, realizada pelos alunos que frequentam os cursos de língua e cultura portuguesas nas escolas Sheierhaff, Lycée des Garçons de Esch-Sur-Alzette e o liceu Mathias Adam, sendo o culminar de um projeto de solidariedade desenvolvido em dezembro de 2018. Este projeto permitiu o envio pelos estudantes de presentes e outros bens, como material escolar e vestuário, para os alunos de uma escola em Cabo Verde, na Ilha de Santo Antão.

Não é possível falar desta noite sem revelar os momentos de grande intensidade emotiva que ali, em comunidade e fraternidade entre comunidades, se viveram: a noite iniciou-se com uma homenagem dos alunos à professora Carmen Santos Alves da ADIE que, com o propósito de celebrarem o seu aniversário, lhe dedicaram uma mensagem de respeito e gratidão que emocionou todos os presentes; depois a emoção tomou novamente conta da sala quando Rita Barros, que encheu o palco e alma de todos, cantou com o pai e com a irmã Isabel, a música “Beijo de Saudade”, na qual o crioulo e a língua portuguesa se encontraram. Emocionante ainda quando as mães, as avós e os estudantes cantaram com Celina da Piedade, acompanhados pela Ana Santos, a música Pêra Verde, fruto do trabalho realizado nas escolas durante a semana precedente.

No final da noite houve ainda tempo de cantar os parabéns à ADIE pelo seu primeiro aniversário, num “abraço” que reuniu a direção da Associação, os voluntários que ajudaram nas atividades do evento e os artistas convidados.