De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Para outras paragens…

Palavras do passado que nos trazem os pós 

Palavras do presente que trazem os tropeços 

Receios do futuro de seremos apenas nós 

Receios de viver com medo de novos começos

Encher o peito e ouvir a intuição mais sincera 

Encher o coração da mais sentida coragem 

Deixar esta vida que já não nos espera 

Deixar o vento levar-nos pra’outra paragem

E que seja um vento de brisa e maresia 

E que seja um lavar da cara e do corpo 

Que me leve a novo rumo, a nova freguesia 

Que me leve para longe de caminho torto

Sentir o calor de belo e amado sentir 

Sentir o beijo de belo e sonhado crer 

Encontrado aí tanto e belo elixir 

Encontrando aí o que tiver de ser 

PP_26 11 2021

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.