De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Os fotógrafos de moda mais emblemáticos da actualidade

Os fotógrafos de moda são a verdadeira essência da indústria; afinal, eles são capazes de captar e encapsular o enigma desta indústria cintilante, porém misteriosa. É claro que, como em todos os sectores, o estilo e a natureza de cada fotógrafo é diferente. Cada fotografia esforça-se para nos inspirar de diferentes maneiras, através de uma variedade de suportes (impressa em revistas ou outdoors), e por sua vez, cada fotografia conta uma história diferente.

Porém, o mundo da Moda é talvez a área mais controversa e subjectiva da fotografia. Como um nicho difícil de definir, ele permite que os criativos criem a sua própria abordagem para criar imagens. E embora o sucesso comercial ainda seja a vanguarda, os fotógrafos de moda de hoje têm mais a oferecer do que simplesmente uma imagem a ser usada em iniciativas de marketing. São criativos, fora da caixa e possivelmente mais ousados do que nunca. Eles têm um estilo de edição exclusivo, uma lista personalizada de clientes e criam os seus próprios métodos técnicos.

Nesse sentido e tendo vasculhado e apreciado o portefólio dos melhores fotógrafos de moda do mundo, apresento-vos a seguir uma lista de fotógrafos icónicos que metamorfosearam a maneira como vemos o mundo da moda.

Peter Lindbergh

O trabalho do fotógrafo alemão Peter Lindbergh veio à tona quando recebeu a tarefa de fotografar o segundo calendário Pirelli, que foi apropriadamente chamado de Peter Lindbergh’s Hollywood. O calendário recebeu muita admiração e apreço por parte da Pirelli, e mais tarde Lindbergh foi chamado para realizar uma prequela para a versão de 2002. Curiosamente, Lindbergh começou a sua carreira em 1988 com a cobiçada Vogue americana. De Cindy Crawford e Christy Turlington a Naomi Campbell e Tatjana Patitz, Lindbergh fotografou todas elas. Ele faz uso do monocromático como vital ao explorar o seu espaço criativo. Um fotógrafo bem conhecido por ser uma influência constante entre as mulheres.

Bruce Weber

Nascido e criado em solo americano, o portefólio de Bruce Weber vai desde publicações modernas como GQ até fotos clássicas como campanhas para o Bloomingdale’s. O seu trabalho estende-se bem além dos domínios da moda contemporânea. O fotógrafo e cineasta aclamado internacionalmente, já fotografou para revistas importantes e tem 23 livros de sua autoria.

Weber caracteriza-se por apresentar homens perfeitos, com uma beleza clássica. A sua obra é apresentada na sua maioria em preto e branco, e suas imagens são geralmente muito equilibradas. Conhecido pelo seu estilo fotográfico sempre elegante e erótico, Weber persegue um nu masculino verdadeiramente diferenciado, que contém quase sempre elementos eróticos acompanhados de uma inocência algo poética. Nunca é sobre apenas um corpo, há toda um liberalismo erótico, incorrendo numa viagem visual sobre o universo masculino como nenhum outro fotógrafo faz.

Além de ser um favorito da moda, Weber era frequentemente chamado por inúmeros artistas para realizar vídeos para as suas canções – bastante incomum para um fotógrafo de moda. As fotos de Weber são tão populares que atualmente estão em posse permanente do Museu Victoria and Albert, em Londres. O seu trabalho também foi abrigado nas exposições mais famosas do mundo; incluindo a Whitney Biennale de Nova Iorque, o Palazzo Fortuny de Veneza, o Musee l’Elysee, da Suíça e a National Portrait Gallery, de Londres.



Ellen von Unwerth

Responsável por alavancar a carreira de modelos como Claudia Schiffer e Adriana Lima, autora de nove livros e tema de mais de 20 exposições, a fotógrafa alemã Ellen von Unwerth ganhou fama ao colocar mulheres poderosas e sensuais como protagonistas das suas imagens. Ela é provocante, tem uma visão erótica que retrata sexo sem cair no vulgar e o seu trabalho retrata mulheres bem resolvidas, dominantes e repletas de glamour. No seu currículo passam campanhas revistas como Vogue, Vanity Fair, The Face, I-D, enfim, quase todas as revistas internacionais importantes.

Com um estilo bem próprio, imagens granuladas, em preto-e-branco ou cores saturadas, Ellen já fotografou celebridades como Emma Watson, Rihanna, Madonna, Selena Gomez e Christina Aguilera, entre outras.

Nick Knight

Dono de uma estética plástica, recheada de cores vivas, formas surpreendentes e experimentalismo, este é um dos mais talentosos e criativos fotógrafos contemporâneos. Originário de Londres, os seus talentos já foram usados por marcas como Dior, Levi Strauss, Swavoski, Calvin Klein e Yves Saint Laureant. Considerado um dos nomes mais ilustres e esteticamente desafiadores do mundo da fotografia, Alexander McQueen, Galliano e Yohji Yamamoto foram também seus clientes.

Desafiar padrões estéticos e ultrapassar limites, tanto culturais quanto técnicos, é o que tem marcado continuamente a sua carreira. Há cerca de 30 anos no mercado da moda, o britânico criou imagens impactantes que se fundem intrinsecamente à história de algumas marcas de luxo, bem como de publicações de vanguarda no segmento.

Annie Leibovitz

O trabalho de Annie veio à tona quando ela conseguiu um emprego na revista Rolling Stone como fotógrafa-chefe. Desde então, ela trabalhou na Vanity Fair e em várias campanhas publicitárias de alto perfil. As suas fotos foram publicadas em várias publicações no mundo. Annie Leibovitz consegue transformar retratos e fotografias de moda em imagens artísticas e lúdicas. Ela faz parte do grupo de artistas que dominam o cenário da arte, da moda e dos retratos.

As suas imagens têm características bem marcantes, como a sua forma excepcional de misturar luzes naturais com artificiais e por possuir um estilo singular de fotografar famosos: com retratos de caráter intimista, bem produzidos e imagens extremamente encenadas. Esses aspectos são os seus pontos fortes e fazem com que sua fotografia seja especial.

A fotógrafa foi a primeira mulher a expor o seu trabalho na National Portrait Gallery, em Londres, fotografou John Lennon no dia em que foi assassinado e já retratou artistas como Brad Pitt, Angelina Jolie, Adele, entre muitos outros, pois tem o dom das celebridades se entregarem ao seu trabalho sem quaisquer complexos. Hoje, Annie é considerada uma das melhores fotógrafas retratistas do sector. Ela também é a primeira mulher a ter sua coleção em destaque em Washington DC na Portrait Gallery.

Tim Walker

Famoso fotógrafo de moda britânico, é responsável pelos editoriais mais fantásticos e elaborados de grandes revistas de moda como: Vogue, Vanity Fair, W e The New Yorker. Já foi assistente de Richard Avedon e hoje é membro da Royal Photographic Society. Wlaker é mestre em transformar editoriais de moda em verdadeiros contos de fadas surreais, com objetos gigantescos nos seus cenários e transita entre o romântico e o bizarro, transportando-nos para o seu mundo. Além de editoriais de moda, Tim Walker é responsável por retratos icónicos de grandes personalidades como Tilda Swinton, Vivienne Westwood, Alexander McQueen, Scarlett Johansson, entre outras.

Mario Testino

Difícil falar de nomes grandiosos da moda atual sem pensar em Mario Testino. O fotógrafo de moda peruano não é apenas um fotógrafo, mas um colecionador de arte de paixão e profissão. Nascido em Lima, Testino estudou fotografia com John Vickers e Paul Nugent em Londres, após abandonar os seus estudos em economia. O portfólio de Testino é muito impressionante; Junto com as filmagens da Vogue, GQ e Vanity Fair, ele filmou campanhas publicitárias para a Gucci, Versace e Chanel.

Um dos principais fotógrafos do ramo, possui editoriais em inúmeras edições internacionais e nacionais da Vogue, Vanity Fair e GQ, e realizou retratos de celebridades, tais como Beyoncé, Angelina Jolie, Brad Pitt, Tom Brady, Emma Watson, Jennifer Lawrence Cristiano Ronaldo, entre muitos outros. Além de coleccionar celebridades no currículo e de ter amigas pessoais como Gisele Bündchen, Kate Moss e Naomi Campbell, Mario Testino possui também um faro excelente para a arte.

Steven Meisel

Captar a indústria da moda italiana não é brincadeira, mas o fotógrafo Steven Meisel fez o impensável. Afinal, o fotógrafo de moda americano é um dos poucos profissionais a participar em todas as campanhas da Vogue italiana em duas décadas e em todas as campanhas da Prada desde 2004. O fotógrafo, que colaborou com Madonna no livro “Sex”, lançado em 1992, possui trabalhos que parecem obras de arte. Responsável por campanhas publicitárias de marcas como Dolce & Gabbana, Valentino e Versace e colaborador de revistas conceituadas como Vogue, Harper’s Bazaar e W, o fotógrafo não se prende a uma única estética; o portfólio de Meisel abrange o colorido e o preto e branco, o bonito e o feio, o kitsch e o minimalista. Com imagens muito trabalhadas artisticamente, Steven faz trabalhos clássicos, lúdicos, modernos e até mesmo futuristas.

Porém, Meisel nunca pensou que poderia tornar-se um fotógrafo. Ele admirava fotógrafos como Jerry Schatzberg, Irving Penn, Richard Avedon e Bert Stern. Depois de estudar ilustrações Parsons The New School for Design, em Nova Iorque, Meisel conseguiu um emprego na Women’s Wear. Logo depois, ele percebeu a sua paixão pela fotografia e começou a fotografar modelos no seu apartamento em Gramercy Park ou na rua. Ele encontrou a fotografia como um meio para mostrar a sua visão do mundo. O seu trabalho foi verdadeiramente admirado ao longo dos anos; especialmente as suas fotos em destaque na edição “all-black” da Vogue italiana, em 2008.