De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

Nascer para te amar

Meu diário de uma menina por nascer
Hoje minha vida já se iniciou
Minha mãe ainda não sabe, nem pode crer
Que sou menina, loura que sua mãe nao beijou.

Meu Criador está a produzir os meus rins
Mantendo-me abrigada no ventre de minha mãe
Tuas obras oh! Criador. Como são maravilhosas!
Teus olhos vêem até mesmo o meu embrião.

Todas minhas partes estão assentadas num livro
Com respeito aos dias em que serei formada
Antes mesmo de qualquer delas existir
São para mim muito preciosas e amadas.

Meu coração está cada vez mais forte bate toc toc toc
Quando nascer é para acariciar os teus cabelos
Tua filhinha quando nascer é para te amar
Tens uns lindos cabelos mãe. E como os meus belos!

José Valgode

 

Esta publicação é da responsabilidade exclusiva do seu autor.