De que está à procura ?

Desporto

Mundial2022: Seleção confiante mesmo que “saia o Brasil”

© Lusa

O selecionador Fernando Santos disse esta quinta-feira que a prioridade de Portugal passa por vencer o Grupo H e ter mais um dia para preparar o encontro dos ‘oitavos’ do Mundial2022 de futebol, independentemente de ser o Brasil o oponente. 

“É o fator mais importante. É muito diferente jogar com três ou com quatro dias de diferença. Nem eu nem o Tite [selecionador do Brasil] estamos preocupados com isso e claramente que é mais importante essa questão das 24 horas [a mais]. Queremos ficar em primeiro lugar do grupo, esse é um dos aspetos mais importantes”, apontou o técnico luso, em conferência de imprensa. 

Caso a formação das ‘quinas’ vença a ‘poule’, bastando, desde logo, uma igualdade diante da Coreia do Sul, de Paulo Bento, na sexta-feira, garante o primeiro lugar e o direito de jogar na terça-feira o jogo dos oitavos de final, ao invés de segunda-feira. 

Contudo, para evitar um eventual confronto com o Brasil, os ‘canarinhos’ também têm de vencer o Grupo G, no qual são líderes, sendo que apenas jogam com os Camarões depois de Portugal defrontar os sul-coreanos. 

“Não tenho três [jogadores] e vamos ver em relação a mais um ou outro. Os jogadores apresentaram-se aqui [no Qatar] em grande forma, mas a jogar de quatro em quatro dias acabar por haver fadiga e isso pode acabar em lesões”, explicou, quando questionado sobre se iria fazer algum tipo de gestão na sexta-feira, visto que Portugal já tem passaporte garantido para os ‘oitavos’. 

Ainda assim, deixou claro, no Centro Nacional de Congressos do Qatar, em Doha, que “tem a confiança máxima” em quem for a jogo, que trará dificuldades aos lusos, que não se vão apresentar com uma ideia de fazer contra-ataques. 

“Sabemos das dificuldades que o jogo vai trazer, porque é um adversário de muita qualidade. Nos dois jogos que fez foi tremendo, mas os resultados não acompanharam. Os princípios são muito claros e tem muto que ver com o que é Paulo Bento na forma de estar, as nuances diferentes de equipa rápida e muito objetiva. Coloca muitos jogadores na frente, com laterais subidos e até ao último minuto lutam de forma brava”, analisou. 

Por fim, abordou o estado físico de Ronaldo, que não treinou na quarta-feira, para ficar a fazer trabalho especifico de recuperação. 

“Vamos ver. Em princípio, vai treinar hoje. Neste momento, nem sei se é 50/50, mas faz parte do lote de disponíveis. Claro que há um plano se ele não puder jogar, mal de nós seria se não tivéssemos, até porque ele foi substituído [contra o Uruguai]”, explicou. 

Na sexta-feira, Portugal defronta a Coreia do Sul, a partir das 18:00 locais (15:00 em Lisboa), no Estádio Education City, em Doha, em jogo da terceira jornada do Grupo H do Mundial2022, que decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

A equipa das ‘quinas’, que assegurou a qualificação para os oitavos de final com o triunfo sobre o Uruguai (2-0), lidera o grupo, com seis pontos, mais três do que o Gana, segundo, e mais cinco face a sul-coreanos, treinados por Paulo Bento, e uruguaios, que, à mesma a hora, defrontam os ganeses.

TÓPICOS