De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Miranda do Douro volta a aquecer com Geada

O festival de música e cultura mirandesas “Geada” promete aquecer os dias de inverno, de 27 e 28 de dezembro, com concertos de músicas do mundo e sonoridades locais, a par de algumas “das mais belas tradições” da região.

“Este ano vamos chamar novos sons de base folk ao festival, com influências da chamada ‘música do mundo’, sem desvirtuar as sonoridades e cultura mirandesas”, explicou um dos elementos da organização do festival transmontano, Sérgio Vaz.

O festival é tido, pela organização, como “único”, dado o seu compromisso com a língua e a cultura mirandesas, e as novas apostas que surgem ano após ano, recebendo algumas centenas de jovens oriundos de todo o país e da vizinha Espanha.

“Pretendemos, assim, ainda dar a conhecer ao público novas manifestações artísticas, desde as mais recentes tendências da música tradicional portuguesa, passando pelas músicas do mundo e pelo poder da eletrónica”, disse Sérgio Vaz.

Ao longo do festival, os participantes terão a possibilidade de conhecer algumas “das mais belas tradições” de inverno, no Planalto Mirandês.

Uma das iniciativas mais “peculiares” é uma ronda pelas adegas situadas sobretudo no centro histórico da cidade quinhentista, onde nove destes antigos sítios de convívio vão estar abertos aos visitantes, uma atividade agendada para o dia 27 de dezembro.

No campo musical, e no primeiro dia do “Geada”, sobem a terreiro IPUM, Bigorna e Gaitaralhos de Stelibeta.

Para o dia 28 de dezembro, o destaque vai para a atuação dos grupos musicais Gloom & The Crows, Projecto Enraizarte, Albaluna, entre projetos mais eletrónicos.

Quem visitar Miranda do Douro, no decurso do festival, poderá dançar à volta da tradicional fogueira do galo e ao som das gaitas-de-foles, ou experimentar as dança dos pauliteiros.

Outras das propostas do festival “Geada” passam pela oportunidade de tocar instrumentos tradicionais, descobrir a língua mirandesa, conviver nas típicas adegas do centro histórico de Miranda do Douro.

Além da música e da componente cultural, quem participar no “Geada” poderá, ainda, apreciar paisagens do Parque Natural do Douro Internacional e os sabores da gastronomia tradicional mirandesa.

O festival é organizado pela Associação Recreativa da Juventude Mirandesa (ARJM), em parceria com diversas entidades locais, associações, empresas e agentes culturais regionais e nacionais.