De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Militar português assume força naval da NATO

O comodoro José Mirones assumiu esta quinta-feira o comando de um dos grupos marítimos permanentes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), a bordo da fragata Corte-Real, na base naval norueguesa de Haakonsvern.

Mirones será agora o comandante do “Standing NATO Maritime Group 1” (SNMG1), uma das forças navais em maior estado de prontidão da Aliança Atlântica e que vai estar até dezembro nas regiões de Mar Báltico, Mar do Norte e Atlântico Norte.

A fragata portuguesa vai ser o navio-almirante e conta com o apoio de um Estado-Maior internacional composto por 18 militares de sete países: Alemanha, Canadá, Espanha, Países Baixos, Portugal, Reino Unido e Roménia.

A Corte-Real é comandada pelo capitão-de-fragata Coelho Gomes e possui uma guarnição de 180 militares, onde se inclui uma equipa médica, duas equipas do pelotão de abordagem do corpo de Fuzileiros e uma equipa de mergulhadores sapadores.

#portugalpositivo