De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Melchior Moreira reeleito presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal

Melchior Moreira, candidato a presidente da Comissão Executiva da Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), foi reeleito esta segunda-feira para um novo e último mandato de cinco anos, confirmou à Lusa fonte oficial.

Melchior Moreira, 54 anos, licenciado em Educação Física e com o curso do Magistério Público, foi hoje reeleito, com 98,36% dos votos, presidente da entidade TPNP, cargo que exerce desde 2008.

De acordo com os atuais estatutos, o mandato da comissão executiva tem a duração de cinco anos e só pode ser renovado uma vez, impedindo Melchior Moreira de se recandidatar para um próximo mandato nas eleições de 2023.

No dia em que anunciou a sua recandidatura, a 24 de abril, Melchior Moreira, disse, numa entrevista à agência Lusa, que o desafio que queria realizar para o próximo mandato seria “manter a onda de crescimento da Turismo do Porto e Norte de Portugal” e continuar uma política de “diferenciação no território”, apostando nos “grandes eventos” que trazem e dão “notoriedade na região”, dando como exemplo o Rali de Portugal, uma prova de automobilismo.

Continuar a apostar de “forma muito forte e inovadora nas tecnologias limpas” e no “marketing digital” e conseguir “fechar o projeto inovador da rede das lojas interativas de turismo” nos 86 municípios que compreendem a TPNP foram outros compromissos que Melchior Moreira prometeu para o seu mandato.

Avançar com “o modelo de negócio da rede de lojas interativas do turismo que permita dar autossustentabilidade ao turismo local e vender os produtos tradicionais, dando uma visibilidade a todos os municípios do Norte de Portugal foram desafios elencados por Melchior Moreira.

A assembleia geral da TPNP é constituída por um representante do Estado, o presidente de cada município que integre a TPNP e representantes das entidades privadas com interesse no desenvolvimento e valorização turística (nove a nível nacional e 18 a nível regional), lê-se no artigo 15.º sobre a Constituição da Assembleia Geral, e que está publicado no Diário da República.