De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Mau tempo impossibilitou aterragens no Aeroporto da Madeira

O movimento aéreo no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo está a normalizar, depois de seis aviões terem divergido devido à chuva e fraca visibilidade, disse fonte aeroportuária.

“O tempo abriu e os aviões estão a regressar e a aterrar e a situação está a normalizar”, disse uma fonte aeroportuária.

No entanto, e devido às iniciais más condições atmosféricas, foram efetuados três cancelamentos, um voo da TAP de Lisboa, um da Transavia de Nantes/Porto e outro da Azores Air Lines de Ponta Delgada.

Entretanto, o Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC) emitiu um comunicado, informando que, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, está previsto que “associado a uma depressão ativa que está a influenciar o estado do tempo no arquipélago da Madeira,  períodos de precipitação ou aguaceiros pontualmente fortes, acompanhados de trovoada, em particular no período da tarde e com maior incidência na costa sul e nas regiões montanhosas da ilha da Madeira, onde os valores da precipitação poderão chegar aos níveis de Aviso Laranja (21 a 40 milímetros numa hora ou 41 milímetros em seis horas)”.

Face aos avisos, o SRPC reitera as seguintes recomendações: adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água; garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas; os riscos que representam, com estas condições, os percursos auto e apeados, sobretudo nas zonas montanhosas, vertentes expostas e zonas costeiras pelo que aconselha cuidados especiais nas atividades durante o período em que vigora o aviso.

Recomenda também especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, alertando para a possibilidade de queda de ramos ou árvores e outros detritos para a faixa de rodagem; danos em infraestruturas montadas ou suspensas; estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

O SRPC, através do Comando Regional de Operações de Socorro, “continuará a acompanhar permanentemente a situação em estreita articulação com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera / Observatório Meteorológico do Funchal, emitindo atempadamente as informações que se julguem necessárias”.

A Capitania do Porto do Funchal emitiu um aviso de má visibilidade até às 06:00 horas de terça-feira, recomendando às embarcações que permaneçam nos portos de abrigo.

Segundo o IPMA, o arquipélago da Madeira está sob avisos amarelo (costa norte da Madeira e Porto Santo até às 21:00 horas de hoje) e laranja (costa sul e regiões montanhosas até às 18:00 horas de hoje) para chuva.