De que está à procura ?

Desporto

Mais um dia difícil no Aeroporto da Madeira

© DR

O vento forte está a condicionar esta segunda-feira o movimento de aterragens e descolagens no Aeroporto Internacional da Madeira – Cristiano Ronaldo, tendo levado três voos a divergir para o Porto Santo e um a regressar a Lisboa.

Pelas 10h50, esta situação atmosférica, que está a afetar as operações desde domingo, não havia permitido a chegada dos voos provenientes do Porto Santo (Binter), Lisboa (TAP), Paris (Transavia) e Zurique (Edelweiss) e as correspondentes partidas.

Destas ligações, o voo da TAP acabou por regressar à origem e os restantes aguardam no aeroporto da ilha do Porto Santo, adiantou a mesma fonte à agência Lusa.

Os restantes voos programados surgem na página da Aeroportos de Portugal (ANA) com previsões de atrasos.

Um avião da Tui proveniente de Manchester está a “andar às voltas” no espaço da Madeira, “aguardando uma possível aberta” e redução da velocidade do vento para tentar aterrar.

“Mais uma vez estamos com o problema do vento e deve continuar durante o dia”, disse a fonte aeroportuária.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou as costas norte e sul da Madeira sob aviso amarelo devido às previsões de vento forte.

TÓPICOS