De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Madrid proíbe circulação de carros de não residentes

A partir de agora é proibida a circulação de veículos poluentes de não residentes, uma medida que o Governo calcula que vai cortar o acesso ao centro da capital espanhola a mais de 58 mil carros por dia.

A medida é promovida pela presidente da Câmara de Madrid e defensora de cidades para as pessoas e não para os carros. Manuela Carmena, que viaja de metro para se deslocar na capital espanhola, já tinha aplicado este ano 2.3 milhões de euros em 62 carros elétricos e cinco híbridos para utilização do município.

No centro de Madrid, numa área com 472 hectares, só podem circular residentes e transportes públicos. Os não residentes podem circular apenas para acederam a parques de estacionamento e devem ter um selo específico para essa função.

Espera-se que esta medida produza uma redução de 40% nas emissões produzidas pelos veículos a combustível.

Várias cidades da Europa também têm promovido medidas para combater a poluição e o excesso de tráfego. Londres aplicou uma taxa de circulação e todos os particulares não residentes que queiram circular na capital inglesa para no mínimo 11 euros por dia.

Oslo está a preparar uma proibição total de veículos movidos a gasóleo e gasolina para 2025. Os 610 mil habitantes da capital da Noruega vão ter transportes públicos com energias renováveis até 2020 e espera-se que em 2025 toda a frota de autocarros produza zero emissões.