De que está à procura ?

Comunidades

Madeirenses a salvo dos incêndios britânicos

© DR

O Governo da Madeira não tem conhecimento da existência de elementos da comunidade madeirense residente em Inglaterra afetados pelos incêndios que deflagraram na terça-feira em Londres e arredores, informou esta quarta-feira o diretor regional das Comunidades.

“Para já, as informações que temos indicam que não há madeirenses entre as pessoas afetados por esta trágica situação”, diz o diretor regional das Comunidades e Cooperação Externa da Madeira, Rui Abreu, citado numa nota divulgada na região.

No documento, o governante cita a informação que lhe chegou do conselheiro da diáspora no Reino Unido, José Dias.

“Que eu tenha conhecimento, não há ninguém da nossa comunidade que tenha ficado afetado”, assegurou o conselheiro ao Governo da Madeira.

Segundo José Dias, “os fogos atingiram especialmente pequenas vilas nos arredores de Londres e estão longe de atingirem as proporções dos incêndios que lavram em Portugal e em Espanha”.

No entanto, assegurou que vai estar atento para o caso de “surgir algum madeirense que trabalhe ou resida nas quintas atingidas”.

O diretor regional destaca que o executivo regional “vai continuar a acompanhar a situação através de contactos permanentes com os conselheiros da diáspora no Reino Unido”.

Os incêndios que deflagraram na Inglaterra na sequência das elevadas temperaturas “destruíram 41 habitações”, recorda Rui Abreu.

TÓPICOS