De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Madeira pede dupla testagem aos emigrantes

A dupla testagem para covid-19 será alargada a “todos os residentes emigrantes” que desembarquem na Região Autónoma da Madeira nos próximos 15 dias, anunciou esta quarta-feira o executivo regional, vincando que a medida é “essencial” para conter a propagação do vírus.

“Os incómodos que esta medida acarretará para muitos dos nossos concidadãos não são comparáveis a uma situação de descontrolo da pandemia, que todos queremos evitar”, disse o presidente do Governo madeirense, em videoconferência, no Funchal.

A dupla testagem era, até agora, obrigatória apenas para os estudantes madeirenses no exterior.

Miguel Albuquerque anunciou um conjunto de novas medidas de controlo, prevenção e combate à pandemia, tendo em vista a quadra natalícia, revelando que não será permitida a abertura de circos e de parques de diversão no arquipélago, nem haverá “noites do mercado”, eventos que reúnem milhares de pessoas naqueles recintos.

O executivo, de coligação PSD/CDS-PP, decidiu também cancelar a corrida de São Silvestre e proibir a venda e o consumo de bebidas alcoólicas na via pública, exceto em esplanadas devidamente licenciadas.

O espetáculo de fogo de artifício no fim do ano decorrerá na “data e hora previstas”, mas o Governo vai apresentar um plano de limitação dos espaços públicos que habitualmente são usados para o seu visionamento, como artérias, praças e miradouros do Funchal.